terça-feira, 19 de julho de 2011

Dê-me - por Sergio Martins





Dê-me teus maltratos e tua hipocrisia; te ofertarei as flores que plantei para ti.
A aridez vai esculpir em teu coração a necessidade de minha água fresca e o frio te lembrará do meu colo macio.
O rancor vai suprimir tua juventude ao passo que você quererá a beleza e a força daqueles poemas.
Dê-me toda a culpa, tuas mágoas e medos, lance sobre mim sua rebeldia, pois só eu conheço a verdade de teus olhos.
Apanharei todo seu desafeto e servirei como adubo aos campos florais, à terra de nossa infância  onde dançamos ao sol: lar onde nós, amantes, dormiremos juntos e em paz para sempre.

Imagem: Google

13 comentários:

r. disse...

gostei muito *

ღPat. Rochaღ disse...

Sabe quando lhe faltam palavras? Então...

Simplesmente especial!

Um beijo Querido.

Severa Cabral(escritora) disse...

A essência do subtexto nos mostra em palavras todo o sentido que nos levam a viver emoções indescritíveis...
Bjs amigo lindo e cheio de talento!

Carla Fernanda disse...

Lindo, acolhedor, confiante, vitorioso!!
Beijos,
Carla

SOL da Esteva disse...

Sérgio

Braços abertos para receber mágoas e transformar e distribuir Paz e Amor.

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Severa Cabral(escritora) disse...

Meu querido amigo!
as pessoas não se tornam especiais pela maneira de ser ou agir,mais sim,pela profundidade com que atingem nossos sentimentos.

FELIZ DIA DO AMIGO!!!!!!!!!!!!!!

Jonathan disse...

Que vingança, horrível!! beijos, querido.

Severa Cabral(escritora) disse...

Passando para deixar uma boa noite!
Bjssssssssssssssssss

。♥ Smareis ♥。 disse...

Sérgio , um ótimo texto. Mãos calejadas de receber mágoas, maltrato, hipocrisias, todas são escupida e transformada em amor. beijos e ótimo fim de semana.

Marília Felix disse...

Dê-me teus versos e eu te darei minhas rimas! Obrigada pela visita Sérgio, muito bom te lê. És exatamente o que escreves.

Um beijo!

Ma Ferreira disse...

Sérgio..esta com saudades de te ler.

Que o mal que recebemos sirva de adubo para o cultivo de lindas flores.
perfeito.

Beijo..e mais uma vez..parabéns pela sua sensibilidade!!

MA

Parole disse...

Um texto maravilhoso, Sérgio.Dá o que pensar...

Beijo

Nel Santos disse...

Olá, Sérgio, meu poeta!

Que beleza de texto!
Repleto de impetuosidade!
Quanto poder há nos gestos de alguém que consegue transformar em flores,atitudes e sentimentos tão isentos de nobreza. As mãos recebem mas é função do coração transformá-los!Mas é necessário "escolher" fazer isso...é a razão do pedido:"Dê-me"

Amei!

Beijão, amigo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas