domingo, 10 de outubro de 2010

O cupido por Sergio Martins

O cupido é um anjinho bom que se diverte arrumando namoro para todos e fazendo muita gente feliz.

O Renato, por exemplo, era um cara chato demais, metido a sabichão e rebelde, a Joana sempre foi louca por ele, mas ele só dava atenção para outras meninas. Então Joana pediu ajuda ao cupido, e ele, sempre tão gentil, não perdeu tempo: encravou a flecha tão fortemente no peito do bobão que além de se apaixonar por Joana ficou super maneiro com a galera toda.

O mesmo aconteceu com Bruninho que vivia mandando cartinhas e flores para a Paty, que ao menos o enxergava. Mas depois que ela sentiu a flechada do cupido, só teve olhos para os melosos olhos de Bruninho.

As flechas do cupido já tinham levado Marcelo e Ana para o altar da igreja, as serenatas de amor do Luizinho ao quintal de Roberta, a Mila, do sul até o norte para ficar com Hugo... nem o Abel que tinha até vergonha de falar, escapou da flecha do amigo que lhe trouxe a encantadora Íris como presente de aniversário.

O cupido trabalhava muito bem, nunca errava a mira, seu arco e sua flecha eram demais!

O problema todo sempre foi a Betinha. Ela é sem dúvida, uma graça de menina, mas o que ela tem de beleza era o que tinha de complicada! Que garotinha irritante era Betinha! Não sei como ela aprontava tanto com os namorados que o cupido lhe arranjava, só sei que nenhum deles a suportava, o próprio cupido não aguentava mais as reclamações de seus ex-namorados. Todo mês, ou menos até, Betinha dispensava um namorado estando já de olho em outro pretendente, que igual ao que fora demitido, seria perfeito para ela; ou seja, aquele que faria todas as suas vontades.

Foi assim que já muito cansado de ouvir os capetinhas lhe encarnando de Zé Mané, que o cupido se irritou, deixou de ficar choramingando e chupando dedo, e acertou em cheio uma flechada no coração de Betinha; a qual, se apaixonou por ele. E foi assim que o cupido acabou com o seu problema e com as manias e manhas daquela gracinha de boneca; e foram felizes para sempre...

Os cupidos podem até ser meio bobos mas eles também têm o direito de ser feliz; além do mais, quem nunca foi cupido ao menos uma vez?

Imagem: Google

3 comentários:

NELL SANTOS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
NELL SANTOS disse...

É verdade...Eu também já dei uma de cupido! Mas o meu cupido, me deve desculpas...

bjs

Movimento Sociocultural Maria Realenga disse...

..meu cupido tem mal de parkinson!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas