sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Do escrever - Sergio Martins






Escrevo pelo prazer, por brincadeira, pela ideia absurda de que é possível eternizar a beleza. E pôr infinidade na beleza é ilusão, e disso vive todo o poeta; de ilusão. Mas se me iludo ao escrever, pouco me importa. Para mim, o que realmente interessa é que no momento em que as palavras me conduzem, até mesmo levado pela ilusão da realidade exponho minhas verdades subjetivas e inconscientes. É aí, no ato de escrever que me encontro; isto é, escrevo para revelar-me. Mera e terminantemente, é isto que me faz um bem excessivo: tornar-me legível (para mim mesmo) ainda que com certa medida de obscuridade...

Um comentário:

Gislãne Gonçalves disse...

O mais importante é escrever!

beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas