terça-feira, 1 de janeiro de 2013

O lado outro - Sergio Martins





Haveria muita chuva de verão
para tanta festa de praia
e o céu de Janeiro assistiria
roda de samba, capoeira e dança de amor,
o tempo ficaria imenso nos braços daquela paixão intensa,
da loucura e da euforia - crianças no jardim...
Mas aquela rima era quebrada
e ela quis ser oposta,
o lado outro que era de par em par
entendeu tudo errado...                                                                                                                                                      
Até vir frio de ausência, chuva de granizo, viagem e nostalgia...
E num entorpecimento, no susto e na alvorada das ideias, este insensato moleque viu-se tão feliz no estranho e novo caminho onde o perder-se é sentido maior e prazer...
De Janeiro a Janeiro, eu e essa bela novidade vemos e temos só o que queremos: cores e luzes do inesperado que não mais assustam, pois norteiam nossos pés curiosos, calmos e ébrios.

Um comentário:

Severa Cabral(escritora) disse...

Meu querido!
O ano-novo já passou e um novo dia está começando !!!!
Venho te abraçar neste 2013 com muito carinho !
E perguntar se posso ficar fazendo morada por aqui por mais um ano ?
Bjs com o sabor de um novo dia !!!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas