domingo, 29 de maio de 2011

Azul por Sergio Martins



Azul celeste descortinou-se no outono de Maio.
Azul azulejou o olhar matutino.
Azularam crianças na pracinha e litorais dos amantes.
Azul de um mar calmo na ventania esquisita.
Azulzinho clareou nos olhos de Jamelão.
Azul ímpar de Sanhaço no ar colorido.
Azul-água esverdeando o rosto cabisbaixo.
Azulão do crepúsculo vespertino.
Azul excêntrico das ondas marulhando...
Azul-caneta desse colibri vadio
rabiscando seu pseudopoema no ar:
Azul escuro que enobrece sua vida passageira.
Azul vivo de fora a fora que não o adentra.
Azul desbotado da lembrança que voa
(em sua) madrugada apagada.


Foto: Google

11 comentários:

Carla Fernanda disse...

Uma semana azul para você!
Bem vindo ao meu blog!
Carla

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Sérgio.

Que linda expressão de azul... adorei!

Aliás, azul é minha cor favorita! Ficou divino o seu poema!

Grande abraço e uma linda semana pra vc... azul azul... rs

Peônia disse...

Azul: cor preferida do planeta!
Belo post!
Beijo poeta!

Ma Ferreira disse...

Oi Sérgio..Lindo poema Azul.
MInha cor preferida.
Um beijo..e boa semana!!
Ma ferreira

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Sérgio: azular... vida que devem terna suavidade e alegre criançar...
Como necessitamos de lembranças vivas para as cionzentas madrugadas! Abraços com ternura; jorge bichuetti
www.jorgebichuetti.blogspot.com

SOL da Esteva disse...

Sérgio

Azul do Céu, do Mar, do Amor...
Azul, é a cor da Poesia.
Belo Poema do Azul.

Te agradeço o Comentário e ficas com a porta sempre aberta, por direito.

Abraços
SOL da Esteva

http://acordarsonhando.blogspot.com/

RSM disse...

Bonito!

Boa semana para você!

Smareis disse...

Oh delicia começar o dia com um azul desse.Azulão do crepúsculo vespertino.
Azul excêntrico das ondas ao luar.
Azul-caneta desse colibri. Adorei amigo, parabéns por mais esse lindo poema.
Desejo um ótimo começo de semana cheio de coisas maravilhosa pra você. Um Beijo!

♥ κєκєl ♥ disse...

Olá
Você sabia que LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), que é o idioma em que os surdos se comunicam, é a segunda língua oficial do Brasil?

Com objetivo de expandir a língua de sinais um grupo de professores e alunos da escola Lauro Müller em Florianópolis criou o BLOG VEJO VOZES e por conta disso estamos aqui lhe convidando para fazer parte da nossa história.

Se você entende que nosso país precisa de educação com qualidade e que a inclusão é um direito de todos, venha nos conhecer. O endereço é:

http://eeblmlibras.blogspot.com/

Abraços fraternos

Flor de Lótus disse...

Oi,Sérgio!Lindos versos, adoro azul, já fiz 2 contos com essa cor, a menina do cabeço azul e a menina do laço azul, os 1 repercutiram bem. Nada melhor que um dia de céu azul, eu amoooo.
Lendo seu post lembrei d azul do Djavan "Até o sol nascer amarelinho
Queimando mansinho
Cedinho, cedinho (cedinho)
Corre e vá dizer
Pro meu benzinho
Um dizer assim
O amor é azulzinho..."
Uma ótima semana!
Beijosss

ღPat. Rochaღ disse...

Azul que estabiliza e irradia a saudades de sua amada!

Um beijo grande meu querido.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas