segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Um sonho feliz (parte 2) por Sergio Martins

 As crescentes preocupações pelas más perspectivas do capitalismo me amargavam e uma forte dor de cabeça insistia em não deixar-me. Eu que antes de qualquer outro remédio recorro às ervas medicinais  acabei tomando uma pílula para o fim da dor de cabeça, mas quando as pré- ocupações voltaram, tive febre. A febre, depois de horas, partiu deixando a insônia, dor de barriga, falta de apetite...
Já era dia vinte e seis de Dezembro e agora apareciam olheiras e cansaço. A pressão arterial caíra, o que   conferiu-me sonolência e indisposição e embora tivesse tomado um banho bem gelado, feito alongamento e até mesmo um aquecimento, não consegui ao menos relaxar; pois meu corpo recebia os sintomas de minhas emoções. Naquelas horas, sentia que  havia me tornado reflexo de uma sociedade adoentada pelo Stress desse sistema tão moderno quanto falido. Era a vida com seu lado sério e adulto roubando do meu lado criança o sonho feliz...

Imagem: Google

9 comentários:

Katia Bonfadini disse...

Oi, Sergio, muito prazer e obrigada pela visita e comentário lá no blog! Admiro muito quem gosta de escrever e você o faz muito bem! Já estou te seguindo pra conhecer melhor seus trabalhos! Beijão e um ANO NOVO cheio de oportunidades pra vc!!!!

Curiosa disse...

Olá Sérgio ..
grata pelas palavras que me deixaste ...
sabe, o capitalismo já me amargurou a vida tbém ... hoje só penso flores .. e descbrique faz bem à vibração energética do planeta .. rsrs ..
bjinhos querido.

*** Cris *** disse...

Vc escreve bem,heim!
Bjs e feliz ano novo!

Maysha disse...

Ola Sergio, obrigada pelo seu comentário, desculpe só hoje agra
decer. Adorei o seu blog, escreve muito bem e vou voltar.
Desejo-lhe um Feliz Ano Novo, pleno de realizações, com muita Saude, Paz e Amor.
Beijos de Luz
Maysha

Blog da Mari disse...

Gostei de sua crônica, vivemos em uma sociedade completamente doente, a base de prozac e líto, sem falar nos analgésicos, pois a doença está em não saber viver as coisas como são e isso acaba afetando a todos nós, até os poetas que vivem de seus sonhos e fantasias... E vivem em outro patamar...Amei seu blog.Bjus

Amor feito Poesia disse...

Ao passar por um jardim
Lembrem-se do silêncio das rosas
Suas lágrimas são as gotículas de orvalhos
E seus perfumes são para abençoar e proteger você.

Que as rosas perfumem sempre a sua vida...

Débora Neves

Beijo-te a alma e o coração! M@ria

Jefferson Dieckmann disse...

Olá, Sérgio! Agradeço a tua visita ao meu blog e, informo que eu também virei teu seguidor! Parabéns pela tua obra! Um abraço e um Feliz 2011 para você!

japaweb disse...

HOJE é o seu dia e nós é que acabamos sendo presenteados pelos belos textos. Parabéns!! Deus te abençõe meu amigo.

eu mesma disse...

Abençoado dia pra vc!!! E uma feliz vida!!! Sucesso em sua trajetória!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas