terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Um sonho feliz (parte 3) por Sergio Martins


Ainda bombardeado pelas más lembranças e pesadelos, levantei- me da cama às vinte e duas horas do dia vinte e sete movido por um barulho no telhado. Fui até o quintal e vi uma bolinha amarela no chão. Pensei ser alguma criança que a lançara contra a telha provocando aquele estrondo que me acordara. Aproximei-me da bolinha e só ao pegá-la constatei que se tratava de um maracujá enorme, lindo, cheiroso e maduro. Quis entender a razão de atirarem um maracujá em minha casa; até acender as lâmpadas do quintal e olhar para cima do telhado verificando que haviam nascido e se expandido admiráveis maracujás por cima da mangueira.
Sorri abobalhado, vendo a ousadia do maracujazeiro em se deitar sobre as copas da mangueira. É que o reino vegetal se arranja num convívio harmonioso através da troca de esforços sem que ele se beneficie enquanto o outra é prejudicada e; desta forma, o mundo natural mantém o equilíbrio. No universo humano é diferente; acredita-se que a competitividade é mais lucrativa que a cooperatividade, de maneira que a prosperidade do reino adulto depende da degradação do reino infantil que habita em todo ser humano. O capitalismo faz com que a comunhão e a diplomacia só existam entre as partes que lideram o topo da cadeia sócio-alimentar e subjugam os menos favorecidos, a mesma ideologia se aplica no círculo religioso - se é que se pode separar política de religião - onde os diferentes são vistos como ameaça que deve ser aniquilada, daí não haver troca de experiências e forças para o crescimento do todo, os relacionamentos são utilitários, e assim, onde o bem é parcial e o meio ambiente deixa de ser casa comum, ninguém consegue suportar a presença do seu próprio eu.

Imagem: Google

6 comentários:

M@ria disse...

"Nós abriremos o livro. Suas páginas estão em branco. Nós vamos pôr palavras nele. O livro chama-se Oportunidade e seu primeiro capítulo é o Dia de ano novo."

(Edith Lovejoy Pierce)

Feliz 2011 prá voce e o seus!!
Paz e alegrias para todos...M@ria

Mimirabolante disse...

Sergio......estou saindo em férias!!!!Agradeço a gentileza e na volta,nos conhecemos melhor!!!!Feliz Ano Novo!!!!!Até breve !!!!!

DANIELASILVA disse...

muito obrigada ! :')
bom ano novo *

Alinne disse...

eu fiquei meia perdida quando eu li, mais ja fui atras pra ler desde o começo, adorei :)
Beeijo, Garota Estranha
http://bloguepeek.blogspot.com/

Adélio Martins disse...

Sérgio
sou um apaixonado pela terra e adorei o seu "Soneto à terra seca".
É uma fecidade ver chuva num dia de sol.
Feliz 2011
adeliomartins.blogspot.com

ღPat.ღ disse...

Obrigada imenso por teu carinho e simpatia. Eu tento extrair o que há em mim... e colocar em palavras.

Adoro imenso ler-te, uma descoberta em cada post.

Beijos 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas