quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Desastres de chuva por SergioMartins



Não me diga que já passou, pois tudo ainda refaz meus acordes...
Foi e é um ecoar do além em minhas odes...
Quem diz é essa sempre presente lira de luar
do tempo em que tais lares eram um só altar.

E não se engane, nunca será só a chuva o que arrasa...
Se é alegria sem dor
ou se foi poder sem amor,
entre Vênus e Marte ainda estamos: na Terra sem casa.

Não podemos negar o que vamos seguir,
ficarei para o deslizamento me assistir,
meus destroços acusarão toda demagogia
e os soterrados cantarão minha vã poesia.

Foto: http://g1.globo.com/

16 comentários:

Zil Mar disse...

Oi...

Eu hoje assisti estarrecida ao jornal...vendo o que aconteceu na região serrana do Rio....

Espero e desejo que tudo esteja bem com vc e seus familiares...

Seu poema soou como um grito abafado...lindo...embora triste...

ESCREVEU COM AS MÃOS QUE SAEM DE DENTRO DO CORAÇÃO!

bjos e carinho....sinto demais pela tragédia!

Zil

Luís Coelho disse...

E ninguem adivinhará o que aí vem ainda para morrermos destroçados.
-Deixámos de respeitar a natureza cortando as nossas florestas, poluindo os rios e os mares....
-Deixamos de nos respeitar e aos outros animais matando-os indiscriminadamente.....

Em poucas décadas nada restará.

Os sobreviventes se ajudarão....??

RSM disse...

Olá,

Espero que esteja tudo bem consigo e com os seus familiares.

Vi esta manhã na tv a catástrofe que está ocorrendo no Brasil, não só no Estado do Rio de Janeiro, mas também no Estado de São Paulo. Espero, sinceramente, que tudo retome a normalidade e que este "sonho mau" termine brevemente.

Abraço

Bruno JP Teixeira disse...

É a natureza tomando de volta o lugar dela.

Tenha um excelente dia.

Abrçs.
Bruno JP Teixeira - O Portuga
============================
http://brunojpteixeira.blogspot.com/
Convido todos a visitarem e seguirem meu blog.

ETERNA APAIXONADA disse...

Sérgio,

Bom dia!

Ainda chocada, como todos, espero que esteja bem, junto aos seus e que não tenham parentes, amigos, envolvidos nessa tragédia...

Mais um janeiro a marcar nossas vidas...

Suas palavras me emocionaram muito!
..."Foi e é um ecoar do além em minhas odes"...

Que os homens públicos zelem mais com responsabilidade pela vida humana... E que Deus compadeça de todos nós...

Beijos, meu amigo poeta

M. L. disse...

Adorei o seu blog, as poesias estão belíssimas.

um beijo

Cristina Ramalho disse...

Nossa que situação triste!!! Gente, entrem em contato com a CRUZ VERMELHA BRASILEIRA, ele estão recebendo doações de roupas, alimentos nao perecíveis e itens de higiene pessoal e limpeza para auxiliar os atingidos pela chuva... As doações podem ser entregues na sede de SP, Av. Moreira Guimarães, 699 - Indianópolis, mais inf. acesse www.cvbsp.org.br

Regina Rozenbaum disse...

Eiii Sérgio
Vim agradecer sua visita e aceitando seu convite, conhecê-lo. Então é um escritor?! Que "mêda"rsrs E pelo que pude ler dos bons. Mais essa tragédia que assola nosso país, só me deixa mais que entristecida com nossos governantes... Entra e sai anos e só vemos a repetição de situações que poderiam ser resolvidas... Escreveu com a alma o que nossos olhos assistem estarrecidos!
Beijuuss n.c.
O divã nosso de cada dia

FMF disse...

As imagens que por aqui passam falam por si. Espero que o meu amigo e família estejam bem. É difícil encontar palavras nesta hora.
Um abraço,

Adriana Alencar disse...

Estamos na Terra a sem casa: às vezes também me sinto assim, especialmente morando fora, longe do Brasil e da minha família...
Tenho uma prima poetisa; inicialmente, ela publicou um livro sozinha; logo após, seu trabalho foi reconhecido e hoje ela participa de vários concursos e eventos de poetas, sendo muitas vezes premiada, e está pensando no segundo livro. Não tenha receio de começar, é só isso o necessário!
Um abraço,
Adri

Nathália Alves Pires disse...

Tem um selo pra vs no meu blog =**

ONG ALERTA disse...

Infelizmente estamos diante de uma tragédia, mas acredito que Deus é pai e náo abandona seus filhos, beijo Lisette.

Maria disse...

Muita força para o Brasil*

Glauco Kaizer disse...

Fala, Sérgio. Que bom que gostou do texto. O Vandré também me indicou seu blog que,diga-se de passagem, é muito legal. Alimentar-se da vida e traduzi-la através dessa licença poética faz bem para a mente e para a alma. Não que elas estejam dividas. Mas que a vida é assim: em parte prosa, funcional, mas também poesia, fruição e desfrute. Ambas se completam e se traduzem.Um grande abraço.

Silvania***** disse...

É muito triste o que nós presenciamos na TV. Que Deus proteja esse ínfimo planeta terra.

PS Gostei muito do seu blog, estou te seguindo.

Eu ainda sou uma aprendiz de blogueira, mas chego lá
Abraços
Silvânia

Sônia Silvino disse...

Muito triste, amigo!
Beijinhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas