sexta-feira, 19 de julho de 2013

Vem - Sergio Martins






Vem voar nesta calmaria da tarde de Julho que desfolha
para limpar, para mudar e colocar tudo no lugar
– os poemas soltos brincam pelo ar e eu vou pegá-los...
Lá fora, a chuva faz canção, 
aqui dentro, brisa, toque suave
- leve e eleve-me; veleje, bebe, chore, molhe-se...
Vem sentir esta viagem, o amor que chama a chama a dois: 
sua voz, minha doce canção na fogueira maior que a razão...
O silêncio chega, o frio vai, esses olhares ficam...
Vem fazer o que tem que ser feito, vem pra ter o poder de criar 
este nosso clima, neste mar, meu lar feliz:  nosso pão, nossa poesia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas