sábado, 23 de outubro de 2010

Alienação do amor por Sergio Martins


Tudo o que muda neste falso aparato
volta para mudar as curvas desse fim.
Saturno mudou de Virgem para Libra, que barato!
Ficarei mais responsável, serei líder de mim.

Minha profissão, meu empreendimento,
toda piração, todo estranho sentimento...
Foi muito difícil aceitar
a beleza em desconstrução,
mas é tão bom contemplar
a brisa reacender a brasa deste verão.

Já não vejo as tapeçarias do Oriente, os azulejos lusitanos,
mas a trilha simples ainda é o norte eterno que sonhamos.
Parei até de fazer aquelas loucas viagens
e não corro mais em busca de miragens.

Não foi esmola, arraso de um tempo que sonhei;
foram as dores da escola em que me formei.
Sei que não és só mais um rosto bonito
de fala encantadora,
achei em ti, no seu jeito esquisito,
um colo de mãe acolhedora.

Fora à euforia, tua ausência é de mina
e minha voz rouca é de uísque e fumo;
fico entre a arte e a Metanfetamina
e em belos e maus lençóis eu durmo.

Agora que tudo acabou, não choro o leite derramado,
tenho viva em mim todas as cores do céu estrelado,
a alegria do teu vinho, tua graça de manhã alva,
pois no caminho das pedras só teu amor me salva.

Imagem: http://colunistas.ig.com.br/curioso/2009/08/13/o-museu-dos-coracoes-partidos/

Um comentário:

Leandro Pontes (vulgo Japinha) disse...

Mano, gostei desse link dos signos com a atualidade !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas