quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Boa Viagem por Sergio Martins


Quando é noite fria se ausentando,
há perfumes de flores abrochando,
choro triste de menina voa pelo ar;
o sol atrás da colina vem dedilhar
nova harmônica sobre os horrores
do par num alívio de todas dores.

Quando a manhã tropical despontar,
sentimentos perversos vão desabar.
Saudade de Boa Viagem vem e vê...
É riso de criança que brota de você.

Também te fará subir o leve de ser;
será a Graça que cantará - renascer.
Em viagem boa, nas ondas da lírica vibração
teremos o Abril de todo nosso viver.
Nesse mar, amar é sem fim, sem desafinação.

Daqui à serra só caberá todo prazer.
É dia de garoa que afaga a sequidão,
seguirei novamente a divina canção,
pois até a brisa de outono é nota musical
que vai acender a alma de vida passional.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas