quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Em fado por Sergio Martins

Eu queria saber
o porquê do sabor
amargo e entardecer
nos seus braços até o amanhecer.

Eu deixei de ferver
um prazer sem amor,
o encargo de “ter” e “poder”
que são laços a nos entorpecer.

Eu só sabia vencer
por vaidade e sem dor.
Que estrago! Até entender
nos fracassos que a razão é viver.

Eu cansei de escrever,
de te dizer sobre a flor
e alargo esse anoitecer
sem os atrasos a me retroceder.

Imagem: http://escrevinhancasdaniel.blogspot.com/2010/09/cansaco.html

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas