sábado, 23 de outubro de 2010

Croqui por Sergio Martins


Em teu corpo desenhei notas musicais
encontrando abismos e sons florestais.
Você partiu e em mim ficou um altar
onde faço amor com a fantasia pra não me abandonar.

É tão difícil reaver a aliança,
porém, é fácil ouvir a criança.
É raro não se esconder e desta forma ter certeza demais,
mas é admissível meu caminhar com uma sombra a mais.

Chuva, leva as pegadas de um tempo a entardecer.
Escaldante areia será nova tela ao amanhecer.
Bruma, sopra a saudade de um vento a renascer
nas crianças apaixonadas a arte de pintar e de viver.

A maior conquista é o absurdo do prazer.
Um amor de chocolate para toda fome de viver.
À tarde, notei que o trabalho de toda minha vida
será (noite) apenas pelo momento da despedida.

É compreensível a vida de loucas escolhas,
todavia, é grácil ainda o cair das folhas.
É fato que não se pode ter todas as luas e seus cais,
mas é impossível meu sonhar sem as alegrias litorais.
http://www.clickmoda.com.br/tag/figura-humana/
Imagem:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas