quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Por sorte por Sergio Martins




Foi-se minha foice
à beira do rio doce
quando o tronco entortou-se
defronte de um coice
do cavalo que endoidou-se;
e não fosse meu forte açoite,
eu não teria tanta sorte naquela noite!

Ilustração: Sérgio Quintella

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas