quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Café idílico por Sergio Martins



Tinha sim, aquela noite, músicas em desencontro
e pasmo, o olhar meu só conheceu um caminho...
Vinha enfim, nossa canção para o seu encontro
e casto, o amar meu ignorou seu descaminho...

Botões fechados, batas e fritas,
etílicos caros, pretos violões,
o tablado escuro pra estrela brilhar...
Corações reatados, latas em britas,
atípicos faros, guetos vilões.
O talhado obtuso pra vileza rilhar...

A voz de moça que penetra e jaz num rio
de vívida alegria no pobre que é só seu...
Atroz destroça, me adentra e faz um cio
de lívida euforia no cofre que é dó meu...

Fotos pra fama, risadas e aplausos,
asterísticos perfis, estilo bacana,
o menino assiste achando que a alma dela é sua tez...
Lótus pra lama, pisadas em falsos,
estilísticos vinis, pistilo sacana.
O fim de show é igual - pra mesma mesa outra vez...

Foto: http://apaixonadosporcachaca.com.br/category/eventos/page/3/

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas