quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Maria boba por Sergio Martins


Maria não ria.
Maria não vinha nem ia...
Maria boba seria?
Viria, sorriria algum dia?
Eu não sabia,
mas sempre lhe dizia:
– Ri-se Maria!
– Vai te catar alegria!
– Saia da choradaria e corra à risadaria!
– Rima-se em zombaria!
– Arriba toda sua chacotaria!
– Vai-te namorar!
– Te rima amar!
– Vai-te sonhar!
– Mira-te ao cantar
que eu serei teu par
e você, a sereia do meu mar...
– Maria, liga a pilha, ainda que só, te ria
à maresia, à poesia do mar & cia!
– Ah! se fosses assim, que sorte eu teria!
– Vai cantar-te,
em qualquer canto encantar-te,
que eu irei adorar-te, amar-te
e nessa arte, contigo eu vou até a Marte!

Pintura: "A Boba" de Anita Malfatti
Fonte: Google

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visualizadas